O que é um Dermocosmético? E qual a diferença do cosmético comum?

Olá, meninas!

 

Geralmente, quando utilizamos produtos corporais, não paramos para pensar no que cada substância tem a oferecer em termos de especificidades para as diferentes partes de nosso corpo. Falo isso, meninas, pois em termos específicos, existem algumas diferenças entre cosmético e dermocosmético, por exemplo.

 

Ficaram curiosas para saber quais são as diferenças entre um e outro? Nesse artigo, irei explicar quais as principais características de um dermocosmético, suas diferenças para um cosmético comum, as vantagens de se utilizar esses produtos e, claro, como utilizá-los para ter uma pele maravilhosa e super bem cuidada! Bora lá?

O Que É Um Dermocosmético?

O campo dos dermocosméticos é um ramo da ciência que combina cosmetologia e dermatologia. 

 

Logo, meninas, os dermocosméticos são produtos para a pele que promovem, além do cuidado, a prevenção de eventuais danos à pele com o auxílio medicinal: eles trazem em sua composição, ativos farmacológicos, compostos com atividade terapêutica, que se aproximam de medicamentos dermatológicos de uso tópico.

 

Ou seja, os dermocosméticos são produtos de cuidados da pele especializados em melhorar a aparência da pele, tratando de vários problemas. São produtos que vão além da epiderme, com ativos que atingem as camadas mais profundas da pele e que trazem melhores resultados, agindo de dentro para fora.

 

Quais São as Principais Características dos Dermocosméticos?

Os dermocosméticos são produtos registrados como grau 2 na Anvisa. Isso significa que eles passaram por testes e pesquisas que comprovam cientificamente o feito e segurança de suas formulações. 

 

Outra característica dos dermocosméticos é que, geralmente, eles não trazem corantes, perfumes e conservantes em sua composição, por isso têm pouquíssimo risco de causar alergias e irritações na pele.

 

Pensando nisso, produtos naturais também podem ser considerados dermocosméticos,  embora tudo dependa se eles possuem os ingredientes ativos apropriados e a concentração estimada para exercer uma ação benéfica sobre a pele. O que importa, meninas, são as ações benéficas que estes produtos trarão para a saúde da pele.

Dermocosméticos Clareadores

Dermocosméticos clareadores são produtos que irão corrigir as diferenças de tonalidade, clareando as manchas na pele, inclusive as de melasma

 

Geralmente, possuem em sua formulação vários ativos clareadores, como o ácido tranexâmico, ácido kójico, niacinamida e exfoliante enzimático.

Dermocosméticos Rejuvenescedores

Um dermocosmético bastante utilizado como rejuvenescedor é o ácido hialurônico. A diminuição da produção natural de Ácido Hialurônico, que ocorre a partir dos 25 anos de idade, afeta diretamente a pele, ocasionando o aparecimento das rugas, da flacidez e a perda do viço. 

 

Repor esse ativo é fundamental e deve ser feito assim que os primeiros sinais de envelhecimento surgirem com dermocosméticos que utilizam a substância em sua formulação.

Diferença Entre Dermocosméticos e Cosméticos

Os cosméticos são definidos como a ciência de aplicar produtos ou preparações que embelezam a pele ou os cabelos. 

Estes produtos tratam principalmente a superfície da pele, ou seja, a parte da pele que está em constante contato com o ambiente externo. Por conta disso, seu efeito é mais imediato, como cobrir uma mancha, auxiliar na hidratação da pele ou disfarçar a acne.

 

Por sua vez, o dermocosmético oferece soluções reais para diferentes tipos de alterações da pele com um percentual maior de princípios ativos do que os cosméticos tradicionais. 

 

Eles tratam do problema em sua raiz, não apenas aliviando os sintomas, sendo considerados um meio-termo entre "cosméticos e medicamentos". Isso porque entregam mais resultados que o primeiro mas, não são tão fortes como o segundo.

 

Além disso, meninas, existem diferenças na composição de ambos. Enquanto cosméticos apresentam princípios ativos como a aloe vera, vitaminas e óleos vegetais; os dermocosméticos utilizam substâncias exclusivas e patenteadas, como o aminexil, utilizado no tratamento da queda de cabelo ou o deanol, usado em produtos que oferecem tratamentos antienvelhecimento.

 

Tanto cosméticos como dermocosméticos, têm propriedades e objetivos diferentes. Por isso, meninas, não é necessário abandonar o uso de um pelo outro, pois os dois podem ser ótimos aliados.

Benefícios dos Dermocosméticos

E porque usar um dermocosmético? Hoje em dia, a população tem se preocupado cada vez mais em viver a vida de forma mais saudável. Por isso, o foco do consumidor mudou do conceito básico de beleza da pele para uma ideia mais ampla de beleza e bem-estar, priorizando a saúde. 

 

À medida que aumenta a consciência dos danos a longo prazo causados ​​por agentes externos — como o sol, poluição e produtos antibacterianos —, a demanda do consumidor por produtos que podem proteger contra esses danos cresce rapidamente, por isso, o constante uso dos dermocosméticos. 

 

Dermocosméticos raramente apresentam aromatizantes, pigmentos ou conservantes, diminuindo muito a chance de reações alérgicas em peles sensíveis. São itens com princípios ativos clinicamente comprovados, com formulações concebidas a partir de ingredientes funcionais que cuidam e resguardam a pele desde a primeira utilização.

 

Os dermocosméticos possuem função preventiva que vai além da beleza exterior: eles atuam nas causas dos problemas de pele, reduzindo e até mesmo eliminando estas disfunções. Mas sem a pretensão de tratar doenças. 

 

Como Utilizar Um Dermocosmético

Ainda que os dermocosméticos utilizem de substâncias farmacológicas para potencializar os efeitos dos cosméticos presentes em sua composição, não é necessário qualquer tipo de receita médica. Mesmo assim, um especialista quem vai saber indicar o produto correto e a melhor forma de utilizá-lo, para chegar ao resultado desejado.

 

Existem dermocosméticos para diferentes finalidades e para diferentes partes do corpo. Como sempre, você deverá levar em conta o seu tipo de pele. São eles que farão parte de seu skincare na rotina diária de cuidados com a pele.

 

Se a sua pele é oleosa, procure produtos que ajudam a controlar a oleosidade e a melhorar o aspecto da sua pele, como a nossa Máscara Facial Purificante Hortelã. Mas, se você possui pele mista, utilize produtos que promovem hidratação e nutrição da pele, como nossa Máscara Facial Suavizante Gerânio

 

Outros produtos hidratantes ainda podem ser aplicados após a maquiagem, como o Hidratante Antioxidante Hibisco e Framboesa. E é claro, não se esqueçam de escolher um protetor solar ideal para a sua pele.

 

E aí, meninas? Gostaram de saber mais sobre os dermocosméticos? Quais são os produtos desse estilo que vocês tem o costume de utilizar mais? Compartilhem as suas experiências aqui nos comentários! Beijos e até o próximo artigo!

 

Beijos, Isa!

Deixe um comentário

Nome .
.
Mensagem .