Petrolatos: Por que você deve se livrar deles

Olá, meninas!

Com certeza vocês já encontraram em vários rótulos de produtos cosméticos, alguns nomes de difícil compreensão que prometem efeitos quase que miraculosos para a melhoria da maciez, hidratação e brilho da nossa pele. Alguns deles são os petrolatos.


Mas se engana quem pensa que este componente é benéfico para a nossa saúde. Neste artigo, vou explicar para vocês o que é o petrolato, quais os seus principais riscos e alternativas naturais e veganas de seus efeitos. Bora lá, meninas?

O Que São Petrolatos?

Os petrolatos, são substâncias à base de petróleo que existem em um estado semissólido e ou líquido. Ele é produzido mecanicamente após a desparafinação (retirada da parafina) de óleos pesados, transforma-se em uma substância gelatinosa incolor ou amarelada. 


Essas substâncias podem ser comercializadas sob o nome de vaselina, óleo mineral ou parafina líquida. Na indústria, o petrolato atua como um lubrificante para máquinas e mais, é utilizado em remédios, cosméticos e produtos para cabelo em larga escala, graças ao seu baixo custo. 


Ou seja, meninas, existem petrolatos em praticamente qualquer produto cosmético convencional.

Petrolatos: Para Que Serve?

Basicamente, os petrolatos servem para agir como um super hidratante para a pele e cabelos. Mas curiosamente, meninas, ele realmente faz o oposto de hidratar.

Petrolatos na Pele

Os petrolatos funcionam como um “selo” para bloquear a umidade da pele, mas não fazem nada para realmente nutrir e curar a pele. Também evita o processo natural do corpo de liberar toxinas através da pele, o que fará com que as bactérias se acumulem, levando a erupções e irritações da pele.


Com o uso regular, a vaselina até mesmo quebra o colágeno da pele. O colágeno é o que mantém sua pele com aspecto roliço e jovem, o que significa que a vaselina pode realmente contribuir para o envelhecimento. Não é um ingrediente tão bonito, hein?

Petrolatos no Cabelo

No cabelo, essas substâncias têm o mesmo efeito. Os principais motivos de utilização deles nas fórmulas de produtos capilares dizem respeito à hidratação e à maciez. 


Porém, eles não aumentam, de fato, a hidratação ou a maciez: a substância não consegue entrar na fibra capilar, então não está, de fato, tratando-a, ela traz apenas um efeito estético. Ou seja, fuja dessa cilada, meninas!

Diferença entre Petrolatos e Parabenos

Algumas pessoas confundem ambas as substâncias por terem um nome similar. Porém, enquanto petrolatos são substâncias derivadas do petróleo, parabenos são conservantes sintéticos utilizados para que os produtos não estraguem.


Como disse aqui neste artigo, são também substâncias tóxicas para o meio ambiente e para a saúde: seu uso excessivo pode causar alterações hormonais, alergias e envelhecimento precoce da pele..

Riscos dos Petrolatos

Os petrolatos podem ser contaminados com hidrocarbonetos aromáticos policíclicos (PAHs). Alguns estudos sugerem que a exposição aos PAHs — incluindo o contato com a pele por longos períodos de tempo — está associada ao câncer. 


Com base nisso, a União Europeia, por exemplo, classifica os petrolatos como cancerígenos e restringe seu uso em cosméticos. Além disso, por não ser solúvel em água, acaba se acumulando no corpo, causando irritação na pele e alergias, e impedindo o crescimento capilar.

Como saber se os produtos têm petrolatos?

É importantíssimo conferir sempre o rótulo antes de comprar o produto. Os petrolatos podem ser listados com vários nomes diferentes nos rótulos dos produtos, incluindo: 


MINERAL OIL


PARAFFIN


PARAFFINUM LIQUIDUM


PETROLATUM


RED PETROLATUM


C10-11 ISOPARAFFIN


C13-14 ISOPARAFFIN


C13-16 ISOPARAFFIN


C15-35 ISOPARAFFIN/ISOALKYLCYCLOALKANES


C18-50 ISOPARAFFIN


C18-70 ISOPARAFFIN


C20-40 ISOPARAFFIN


CHLORINATED PARAFFIN


BETA-METHYL-CYCLODODECANEETHANOL


DIISOCETYL DODECANEDIOATE


DIOCTYLDODECYL DODECANEDIOATE


DODECANE


DODECANEDIOIC ACID


DODECANEDIOIC ACID/CETEARYL ALCOHOL/GLYCOL COPOLYMER


DODECANENITRILE


EPOXYCYCLODODECANE


ETHYLENE DODECANEDIOATE


ISODODECANE


METHOXYCYCLODODECANE


TETRAMETHYL-5-OXATRICYCLODODECANE


C7-8 ISOPARAFFIN


C8-9 ISOPARAFFIN


C9-13 ISOPARAFFIN


C9-14 ISOPARAFFIN


C9-16 ISOPARAFFIN


C10-13 ISOPARAFFIN


Caso veja algum desses nomes no rótulo, evite o produto em questão. Faça uma exceção caso a empresa indique na embalagem ou no seu site que o petrolato seja refinado como "white petrolatum" (ou seja, seguro).

Alternativas de Cosméticos sem Petrolatos 

Os petrolatos podem ser baratos e amplamente disponíveis no mercado, mas vocês não precisam escolher esses produtos petrolíferos para nutrir a pele. 


Deixem de lado o óleo mineral e procure produtos feitos com óleos nutritivos da natureza, como óleo de coco, óleo de jojoba, óleo de amêndoa ou óleo de semente de uva. Esses óleos irão hidratar a pele - por dentro e por fora - para realmente curar e restaurar, não apenas fazer a pele parecer hidratada por um tempo. 


Caso queiram conferir mais dicas de óleos naturais confiram os seguintes artigos:


Gerânio Óleo Essencial: Como Usar na Sua Pele

Óleo de Uva: Confira os Benefícios e Aplicações

Óleos Essenciais Para o Rosto: Tratamento Facial

O que é Esqualano? Veja o ingrediente que a sua pele precisa


Aqui na Le Fruit, por exemplo, a boa notícia é que todos os nossos produtos são livres de petrolatos e outras substâncias tóxicas. Temos as máscaras de argila que reúnem ingredientes selecionados para limpar, nutrir e hidratar os diferentes tipos de pele e são super práticas, já vão prontas para aplicação na pele. 


Ou o nosso incrível Hidratante Hibisco e Framboesa Le Fruit Cosmetics, que pode ser usado no corpo inteiro, por todos os tipos de pele, ideal para nutrir, para hidratar, para suavizar as linhas de expressão e deixar um cheirinho incrível e uma maciez maravilhosa na pele. Cliquem aqui e vejam todas as nossas opções!


E aí, meninas, gostaram de saber mais sobre os riscos dos temíveis petrolatos? Quais produtos que vocês deixaram de usar por causa dessa substância? Compartilhem suas experiências com a gente nos comentários ou em nossas redes sociais! Até o próximo artigo! 


Beijos, Isa!

Deixe um comentário

Nome .
.
Mensagem .