Consumo Consciente: O que podemos fazer pelo Meio Ambiente?

Hello amores!


Vocês já devem ter ouvido a frase “pequenas atitudes mudam o mundo”, afinal, ela é muito popular. Mas, nós não podemos ignorar que, também, é cheia de significados. E é sobre isso que eu quero falar hoje, sobre como pequenas mudanças em nosso consumo podem cuidar e fazer uma grande diferença na saúde do nosso planeta.

Porém, antes de tudo eu tenho uma informação muito chocante para vocês, meninas. Vocês sabiam que o Brasil está entre os cinco países que mais geram lixo plástico no mundo? Mesmo que chocante, é real. Segundo informações do Fundo Mundial para a Natureza, o nosso amado país é o 4° colocado no ranking, onde um brasileiro produz, em média, 1 kg de lixo plástico por semana. E, disso tudo, somente 1,28% é reciclado. Conseguem imaginar o impacto que todo esse lixo, ainda mais descartado incorretamente, causa na natureza?


O que é consumo consciente?

É nesse cenário que entra o consumo consciente, uma forma de viver a vida, de comprar e de consumir de forma consciente, pensando cada escolha,  no uso que você fará das coisas, no impacto que a trará no mundo, no meio ambiente, na sociedade e, até, nas suas economias.

Para que serve o consumo consciente?

Se vocês estão se perguntando para que serve o consumo consciente e pensando que as suas pequenas atitudes não mudarão o cenário do Brasil, ou do mundo, quero te relembrar a frase do início deste artigo, “pequenas atitudes mudam o mundo”. Imagine que se, cada uma de nós, mudássemos a nossa forma de consumir, qual o impacto que juntas nós teríamos no meio ambiente?


Cada um dos consumidores conscientes causam uma grande mudança no ecossistema, pois refletimos no nosso consumo, seja de água, de alimentos ou de cosméticos. Afinal, cada produto comprado representa um gasto dos recursos naturais do nosso planeta.


Como podemos praticar o consumo consciente?

Mas, se vocês estão pensando que isso é uma utopia, difícil de alcançar na vida moderna, isso não é verdade, amores. Tudo é uma questão de hábitos! Deixa eu dar um exemplo de como podemos praticar o consumo consciente: No lugar de jogar as nossas embalagens de vidro da Le Fruit no lixo, vocês podem reutilizá-las, para abrigar um cacto ou organizar a sua casa, guardando itens de higiene ou o usando como porta-canetas, são muitas as possibilidades…

Percebem como no lugar de gerar lixo, vocês deram um uso a embalagem e ainda deixaram de comprar um outro recipiente, que viria embalado e geraria mais lixos?!

Foto: Reaproveitamento de embalagens 


Qual a diferença entre consumo consciente e consumo sustentável?

Agora, amores, que vocês já entendem a necessidade do consumo consciente, eu apresento a vocês o consumo sustentável... Muitas pessoas confundem ou acham que são a mesma coisa, mas, na verdade, o consumo sustentável decorre do consumo consciente. Ou seja, a partir da escolha de consumir somente o que é necessário, reutilizar as embalagens e diminuir os gastos de recursos naturais, como água, por exemplo, surge o Consumidor Sustentável, que  pensa e opta pelos produtos que utilizam menos recursos naturais. Além disso, os consumidores sustentáveis conhecem e pensam sobre a origem dos produtos comprados, os impactos que a extração da matéria-prima causa na natureza, os processos de fabricação e as possibilidades de reutilização das embalagens. Uma maravilha só!


Cosméticos naturais e consumo consciente

Entre os setores que mais utilizam e disseminam as embalagens de plásticos, que demoram milhares de anos para se decompor na natureza e que muitas vezes não são reciclados, causando enormes estragos no meio ambiente, está a estética… 


A boa notícia é que em contrapartida às grandes e tradicionais indústrias, que usam de embalagens plastificadas em grande escala, estão as empresas de cosméticos naturais, como a Le Fruit que, visando o consumo sustentável e a reutilização, utiliza embalagens de vidro e dissemina informações e dicas de como reutilizá-las. Além disso, os cosméticos naturais são sustentáveis e uma boa opção para os consumidores conscientes, pois em sua formulação são admitidas substâncias como origem vegetal como os óleos, as manteigas, os extratos e demais ingredientes naturais. 


Assim, eles não possuem aditivos químicos ou substâncias tóxicas em sua composição, não gerando resíduos em suas fabricações e não prejudicando o meio ambiente caso precise ser descartado. O problema é que poucas pessoas conhecem e entendem a importância de aderir ao consumo desses produtos. E, se vocês, amores, também não conhecem muito bem, confiram o nosso post especial sobre o assunto: Cosméticos Naturais: Porque Você Deveria Aderir Hoje!


Outra opção de consumo sustentável para quem não abre mão de  cuidar da pele e do corpo são os cosméticos veganos. Esses produtinhos precisam atender a dois critérios: sua formulação não pode conter nenhuma matéria prima de origem animal, como cera de abelha, mel ou lanolina, por exemplo, e o produto final e suas matérias primas não podem ser testadas em animais.


Mas, há ainda os cosméticos como os da Le Fruit, que são naturais e veganos, cuidando, assim, da saúde do planeta e de quem os utiliza. Entre os benefícios do uso dos cosméticos  veganos e naturais estão: a biocompatibilidade dos ingredientes naturais com a pele, não causando alergias e a não crueldade com os animais. 

 

Foto: Cosméticos Naturais e Veganos Le Fruit 

Nós da Le Fruit temos orgulho de dizer que a marca e as fórmulas dos nossos amados produtos nasceram da busca pelo natural, pelo sustentável e pelo cuidado com a saúde do corpo. Afinal, os cosméticos tradicionais, além de prejudiciais ao meio ambiente, possuem ingredientes em suas fórmulas que causam impactos negativos na saúde, como o alumínio - componente associado ao desenvolvimento do câncer de mama. 


E, se vocês, amores, ainda não fizeram a escolha para os cosméticos naturais e veganos, mas possuem essas mesmas preocupações com o consumo consciente e sustentável dos recursos do nosso planeta e com a própria saúde do seu corpo, acesse o nosso post especial sobre Cosméticos naturais e veganos ou convencionais: qual é a melhor opção para a saúde!




Deixe um comentário

Nome .
.
Mensagem .