🚚 ENVIAMOS PARA TODO BRASIL | 🎁 FRETE GRÁTIS ACIMA DE R$ 130,00 | 💳 PARCELE SUA COMPRA EM ATÉ 3X S/ JUROS

O que é bom para Psoríase? Confira alguns tratamentos

A psoríase é uma doença inflamatória da nossa pele que causa lesões avermelhadas e descamativas. Ela é crônica e mesmo tendo alguns tipos de tratamento, é uma condição que não tem cura.

Por conta disso, as pessoas que possuem essa enfermidade devem fazer um acompanhamento com um dermatologista para conhecer qual é a melhor forma de tratar conforme as suas particularidades.

Mesmo assim, pensando em ajudar com as dúvidas sobre o assunto, preparamos uma série de dicas do que é bom para psoríase, com tratamentos e produtos naturais que podem aliviar os sintomas. Continue a sua leitura e entenda mais!

Tratamento da Psoríase: dermocosméticos naturais e medicamentos

Como vimos, essa doença não é nada simples e pode incomodar muito! Mas, fique tranquila que existem alguns tipos terapia que podem ajudar a amenizar as feridas causadas por ela, como a fototerapia com luz ultravioleta e remédios com ação anti-inflamatória.

Confira a seguir os principais métodos utilizados para tratar esse problema, desde os mais comuns até as opções naturais!

1. Medicamentos: comprimidos ou injetáveis

Nesse caso, esses remédios são usados quando a situação já está mais avançada e com lesões mais graves, evitando a sua evolução.

Os mais comuns para esse tipo de terapia são os imunossupressores (metotrexato e apremilast) e os agentes biológicos (brodalumabe) que são bem eficazes nessas ocasiões.

É claro que antes de você sair procurando esses medicamentos, deve consultar um médico especialista, seguindo todas as suas orientações quanto a forma de cuidar dessa condição na pele.

Fazendo isso, a sua segurança está garantida e os melhores resultados poderão ser alcançados.

Outros tipos de remédio como os multivitamínicos e probióticos também podem auxiliar nesse combate, já que eles fortalecem o seu sistema imunológico. Assim, você tem opções mais leves para usar nesse momento delicado.

2. Uso de dermocosméticos naturais e pomadas

Para os casos mais leves da doença, não são necessários medicamentos fortes e usar alguns cremes hidratantes já vai melhorar muito as suas feridas. Hidratantes com fórmulas naturais e com antioxidantes em sua composição são a escolha perfeita para você! Eles vão deixar sua pele mais úmida e hidratada, evitando inflamações.

Tente evitar as opções altamente industrializadas, pois elas podem irritar ainda mais a derme e causar uma piora nas feridas. Tente sempre priorizar os tipos de cosméticos naturais, como cremes e pomadas não industrializados.

Uma ótima dica para melhorar ainda mais os resultados é passar os cremes logo após tomar aquele bom banho, tornando o tratamento mais tranquilo e prazeroso. Com esses produtos já será possível notar uma melhora em pouco tempo!

Além desses ótimos efeitos, esses itens podem ser encontrados em versões 100% veganas com produtinhos naturais que vão deixar a sua pele super macia e bem cuidada. E onde encontrar esses itens? Na Le Fruit: você encontra uma série de hidratantes totalmente naturais para te ajudar nesses cuidados especiais!

As pomadas com corticoides também são uma boa opção para se tratar essas lesões avermelhadas, sendo um item com preço bem acessível assim como os hidratantes.

3. Fototerapia: tratamento com luz ultravioleta

Esse tipo de procedimento conta com a ajuda dos raios da luz ultravioleta para atuar no controle das feridas, impedindo o crescimento das células lesionadas e causando um efeito anti-inflamatório na derme. Assim como os medicamentos comuns, essa técnica é recomendada para as situações mais graves e sempre deve ser acompanhado por um dermatologista.

Para quem não tem uma forma mais avançada da enfermidade, tomar banhos de sol moderados durante a semana pode ser uma ótima dica para evitar chegar nesses estágios mais evoluídos.

4. Alimentação saudável e rica em ômega 3

Apesar de essa dica parecer até meio clichê, a boa alimentação é realmente uma grande aliada da nossa saúde. Evitando aquelas comidas mais gordurosas e industrializadas, você consegue combater a psoríase e melhorar a sua qualidade de vida. Prefira comer coisas naturais como peixes de água fria, azeite, nozes e sementes.

Os alimentos podem ser ótimos para a pele, principalmente os ricos em ômega 3 como a sardinha e o salmão, ideais para combater esse tipo de enfermidade. E os que contém muito betacaroteno também podem ser incluídos na próxima lista de compras do mercado.

5. Compressas com uma babosa

Essa planta já é uma velha conhecida da medicina natural, sendo perfeita para os cuidados com a pele por conta de suas substâncias anti-inflamatórias e cicatrizantes. Assim, ao utilizar ela nos machucados causados pela psoríase é possível aliviar a vermelhidão e coceira, além de reduzir a duração das crises, graças a sua grande capacidade de cicatrização.

Para utilizá-la vai ser preciso só duas folhas de babosa e compressas limpas. Após ter tudo preparado, corte a folha no sentido do seu comprimento e retire todo o gel do seu interior com uma colher. Então passe essa substância direto em suas lesões e depois coloque uma compressa com ataduras para segurar bem.

Fique com a compressa por cerca de 20 a 30 minutos durante o dia e lave com água. Se quiser aumentar os efeitos e conseguir resultados melhores, pode repetir o processo até 3 vezes ao dia por pelo menos 4 semanas.

6. Suco de agrião e seus efeitos depurativos

Outra opção totalmente orgânica e bem deliciosa é o suco de agrião, ele pode ser de grande ajuda na hora de tratar a psoríase graças ao seu poderoso efeito depurativo.

Essa propriedade auxilia na eliminação de toxinas do seu corpo e, assim, reduz a frequência das crises da doença.

O preparo deste suco é bem fácil e ele fica super gostoso para tomar durante os dias quentes.

Basta bater no seu liquidificador 70g de agrião com 1 copo de água e pronto. E não precisa se preocupar com a quantidade de vezes que ele pode ser tomado, pois ele é bem leve e não vai fazer mal.

Esse alimento também pode ser ingerido de outras formas como: refogado, na salada, em uma sopa e muito mais. Então, pode colocar o agrião em sua lista de compras também!

Após conhecer o que é bom para psoríase e os principais métodos para ajudar a tratá-la, desde opções mais tradicionais até as alternativas, vai ficar muito mais fácil cuidar da sua pele e evitar lesões mais graves.

E aqui na Le Fruit tem vários produtos totalmente naturais para que você tenha sempre os melhores resultados em seu skincare!

Continue navegando em nosso blog e confira os nossos conteúdos para ter uma pele muito mais viçosa e iluminada!

 

 

Referências:

SINGH, Kamlesh Kumar; TRIPATHY, Surendra. Natural Treatment Alternative for Psoriasis: A Review on Herbal Resources. Journal of Applied Pharmaceutical Science. Vol.4. 114-121, 2014

ROUT, Sanjay K. et al.. Natural Green Alternatives to Psoriasis Treatment– A Review. Global Journal of Pharmacy & Pharmaceutical Sciences. Vol.4. 1-7, 2017

MINISTÉRIO DA SAUDE. Medicamentos para tratamento da psoríase. Disponível em: <http://www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude/45808-pacientes-terao-novos-medicamentos-para-tratamento-da-psoriase>. Acesso em 19 out 2022

RODRIGUES, Ana Paula; TEIXEIRA, Raquel Maria. Desvendando a psoríase. Revista brasileira de análises clínicas. 41. 4; 60-81, 2009

Deixe um comentário

Nome .
.
Mensagem .

Os comentários devem ser aprovados antes de serem publicados

✔️ Produto adicionado com sucesso.